Botões superiores

08 Oct 2019

Bett Educar 2020 dará ênfase também ao ensino superior

Redação Bett Educar
Bett Educar 2020 dará ênfase também ao ensino superior

Índices recentes apresentados sobre o Ensino Superior no Brasil demonstram que é urgente ampliar e melhorar as discussões sobre a etapa. E essa é a proposta da Bett Educar para 2020.

Dados do Mapa do Ensino Superior no Brasil 2019, elaborado pelo Semesp, revelam que em 2017 o Brasil tinha 2.448 Instituições de Ensino Superior (IES), 2.152 da rede privada e 296 da rede pública, com um total 8,29 milhões de matrículas, dessas 1,76 milhão em EAD. As matrículas dos cursos a distância, de 2016 para 2017, tiveram crescimento de 17,7% e os polos saíram de 5 mil para mais de 22 mil em três anos.

Por outro lado, dados do recente no relatório “Education at a Glance” 2019, apresentado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), apontam que apenas 21% dos brasileiros de 25 a 34 anos têm Ensino Superior completo, enquanto a média dos países membros da OCDE é em torno de 44%.

Para aprofundar ainda mais as discussões em torno das IES, a Bett Educar, maior evento sobre educação, tecnologia e inovação da América Latina, lançou recentemente, em Brasília, o programa Ensino Superior no Brasil, que ganhará destaque na edição da Bett Educar de 2020, de 12 a 15 de maio, no Transamerica Expo Center, em São Paulo.

“Agora, vamos ampliar as discussões que envolvem o Ensino Superior e, claro, manter sua estreita relação com a Educação Básica. Esses segmentos precisam se ouvir e a Bett Educar pretende ser uma plataforma para esse diálogo ”, explica Maria Alice Carraturi, diretora de conteúdo da Bett Educar.

Para Maria Helena Guimarães, ex-secretária-executiva no MEC, o foco deve ser a formação de professores no ensino superior. “O nosso grande desafio para o futuro imediato da educação básica é formar professores mais bem preparados, para que possam preparar melhor nossas crianças e jovens”.

Já o Diretor-Presidente da ABMES (Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior), Celso Niskier, ressaltou a importância da iniciativa para a ABMES e outras IES. “Participar deste novo contexto da Bett Educar vai permitir a todos navegar nessa nova onda com mais qualidade, empenho e assertividade”.

O evento de lançamento do programa Ensino Superior no Brasil contou com a presença de renomados educadores e representantes das principais entidades ligadas às Instituições de Ensino Superior, do setor público e privado. Entre eles, Luiz Roberto Liza Curi, presidente do Conselho Nacional de Educação (CNE), Eduardo Deschamps, ex- presidente do CNE, Alessio Costa Lima, presidente da Undime Nacional, Fabiana Deflon, gerente da Câmara de Ensino Superior da ANEC, Ivan Cláudio Pereira Siqueira, presidente da Câmara de Educação Básica, Marília Ancona Lopez, Nilma Fontanive e Ivan Cláudio Pereira Siqueira, conselheiros do CNE, Hudson Mello, vice-presidente de Ensino e Reitor da Estácio, Nilce Costa, secretária executiva do CONSED, Alexandre Marino Mota, presidente do ForGrad, Claudia Andreatini, diretora da ANUP e da Unip, e Rui Otávio, vice-presidente do SEMERJ.

O programa Ensino Superior no Brasil da Bett Educar terá apoio da ABMES (Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior), ANUP (Associação Nacional das Universidades Particulares), e o CRUB (Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras). Contará ainda com representantes do Conselho Nacional de Educação (CNE) e do Ministério da Educação (MEC).

Veja mais
Loading

Assine a newsletter da Bett Educar

Seja o primeiro a saber sobre novos palestrantes, conteúdos recém-lançados, notícias, novidades de quem está exibindo e muito mais.



 

Botões superiores

Parceiros





 

Patrocinadores


Apoiadores