Botões superiores (copy)

03 Aug 2020

Conselho Consultivo da Bett Educar debate temas relevantes para serem tratados nos próximos eventos

Redação Bett
Conselho Consultivo da Bett Educar debate temas relevantes para serem tratados nos próximos eventos

A Bett Educar, maior evento de educação da América Latina, tem o compromisso de ser a plataforma de conteúdos e relacionamento para a educação e a tecnologia. Para isso, trabalha constantemente com novos temas e debates na sua programação com o objetivo de tornar seus eventos sempre relevantes e enriquecedores.. Para colaborar com essa tarefa a Bett conta com o Conselho Consultivo . Ele opina, sugere, colabora com a escolha de temas e conteúdos, participa da programação dos eventos. Nesse ano o Conselho conta com novos membros e realizou por videoconferência sua primeira reunião neste 24 de julho, quando apresentou o planejamento para os encontros que serão realizados ainda em 2020 e para o evento de 2021.

Claudia Valério, Diretora Geral da Bett Educar, apresentou números e estratégias da Bett Brasil para 2020 e 2021. Maria Alice Carraturi, Diretora de Conteúdo, reforçou o papel do Conselho e de seus membros e destacou as novidades do Bett Blog, que agora abre espaço para os membros do Conselho que tiverem interesse em colaborar com conteúdo, em vídeo, texto ou Podcast. Bett Blog será totalmente renovado, com a colaboração de Cláudia Costin, Lilian Bacich, Betina von Staa, além do vídeo de Romero Tori e a entrevista com Marcelo Knobel, reitor da Unicamp.

A reunião com participação dos conselheiros tratou dos possíveis temas dos próximos eventos da Bett Educar.

Celso Niskier, Diretor presidente da ABMES, indicou dois temas relevantes a serem incluídos na programação dos eventos: tecnologia e acolhimento. Uma proposta complementar a isso foi destacada por Maria Helena Guimarães de Castro, membro do CNE. Ela comentou sobre os impactos da pandemia na educação básica, citando o replanejamento curricular e a revisão das métricas de avalição, assuntos que merecem atenção no momento atual, bem como para o pós-pandemia. Maria Helena adiantou que a OCDE e outros países não-membros da organização já estão repensando essas novas métricas. Para o Brasil, que ainda não se propôs a debater esse tema urgente, a proposta é organizar nos eventos da Bett Educar uma mesa de debates sobre o assunto junto à Associação Brasileira de Avaliação Educacional – ABAVE.

A presidente do CONSED, Maria Cecília Motta, trouxe à tona as desigualdades de conectividade e acesso a equipamentos e rede, assim como as mudanças repentinas no formato da educação remota, sem que os professores estivessem preparados para isso. Maria Cecilia e Luiz Curi, Presidente do CNE, indicaram que essas temáticas poderão ser discutidas em uma mesa com enfoque em políticas públicas.

Para Domingos Machado, diretor de inovação da Universidade Tiradentes-UNIT, a Bett como é a sinalizadora de tendências educacionais e propôs para os próximos eventos a incorporação de relatos de experiências exitosas, com exemplos do que está sendo feito nas instituições de ensino no Brasil e que podem inspirar outros educadores.

Laura Langaná, superintendente do Centro Paula Souza, falou sobre a educação profissional, que hoje enfrenta um dos maiores desafios para as atividades práticas por meio do ensino remoto e gostaria de conhecer soluções para tal

Romero Tori e Luciano Meira discutiram o conceito de “distanciamento social”. Para Meira pode-se chamar apenas "confinamento domiciliar", pois, o distanciamento social envolve outros significados. Tori afirma que na volta às aulas haverá ainda o distanciamento físico, que não é confinamento domiciliar, por isso, vai gravar um podcast para o Bett Blog para esclarecer esse termo.

Com a interrupção das aulas presenciais e a adoção do ensino remoto, uma das maiores dificuldades tem sido atrair e manter as crianças atentas. Miguel Thompson, diretor acadêmico da Fundação Santillana, pontuou que não basta apenas transpor a aula para o modelo online, mas ir além e dar atenção à linguagem digital do entretenimento, com games e vídeos, para tratar desse tema coordenará uma mesa na Bett em setembro.

Luciano Meira chama  atenção à inovação, não somente com tecnologia, mas com ideias transformadoras, que podem ser enriquecidas com a participação de pessoas de outras áreas, como designers, especialistas em design thinking, e organizações da sociedade civil, como os Doutores da Alegria, entre outros.

Também participou da reunião o Embaixador da Bett Educar, Rossieli Soares, Secretário de Estado da Educação de São Paulo. Rossieli alertou que outro grande desafio deste momento é saber aproveitar o que educadores, alunos, escolas e sistemas de ensino estão aprendendo no atual contexto de isolamento social, interrupção das aulas e ensino online e trazer essas experiências para a programação dos eventos da Bett Educar em 2020 e para 2021. Afirma ainda que a Bett Brasil pode vir a ser o maior evento do mundo tamanha a relevância de temas e pessoas que tem abarcado.

O Conselho Consultivo da Bett Educar voltará a se reunir novamente nos próximos meses para tratar de temas específicos para o Ensino Superior e para a Educação Básica, que deverão entrar na programação dos próximos eventos.

 

Gostou do conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais:


 

Veja mais
Loading

Assine a newsletter da Bett Educar

Seja o primeiro a saber sobre novos palestrantes, conteúdos recém-lançados, notícias, novidades de quem está exibindo e muito mais.


 

Botões superiores (copy)

Parceiros

 

 

Patrocinadores



Apoiadores